Desde a última sexta-feira (08), está sendo realizada nas dependências da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), localizada na avenida General Rodrigo Otávio Jordão Ramos, N° 1.200 – Japiim 1, zona Sul de Manaus, a “IX Semana Acadêmica de Zootecnia”.
Integrante do Sistema Sepror (ADS, Adaf, Sepa, Seapaf e Idam), a zootecnista Meyb Cristny dos Santos Seixas foi uma das convidadas para ministrar palestra no evento, que teve como tema: “Como a zootecnia pode mudar o Brasil”.
Segundo Meyb, dentro desse aspecto foi elaborado e transmitido para os alunos o potencial pecuário do Brasil, do Estado do Amazonas, as opções de mercado, as dificuldades, sendo essas dificuldades como opção de mercado de atuação.
“Este projeto ocorreu devido ao dia do zootecnista, decorrente a isso, fizemos um trabalho que pudesse estimular os alunos para que os mesmos tivessem uma visão ampla do mercado de trabalho da zootecnia aqui no Estado do Amazonas e o que o Estado proporciona de melhor para o mercado dentro dessa área”, declarou.

Nota máxima no Enade

A universidade, que teve a nota cinco no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), ficando a frente de mais de 80 cursos de zootecnia no Brasil, quis mostrar o trabalho da zootecnia pode oferecer dentro do setor primário, como ela é uma área que correlata com as demais áreas como agronomia e Medicina Veterinária, e como as pessoas dessas áreas podem participar.
A “IX Semana Acadêmica de Zootecnia” segue até dia 11 de maio e para participar, alunos de outras instituições que estejam cursando agronomia e medicina veterinária pagam apenas uma taxa simbólica de R$ 5. Na programação estão sendo oferecidos minicursos, palestras e apresentação de trabalhos científicos.

Por: Yasmim Negreiros

Web Site: Jefferson Silva